quinta-feira, 5 de agosto de 2010

P.F. exibe novamente Quincas Berro D'Água

A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro recoloca em cartaz na terça-feira, 10 de agosto, a comédia brasileira Quincas Berro d’Água, de Sérgio Machado, que teve rápida passagem pelos cinemas locais.
Produzido por Walter Salles, Quincas Berro d’Água é uma adaptação da conhecida novela homônima de Jorge Amado sobre um farrista incorrigível, vivido pelo ator gaúcho Paulo José.


Depois de uma vida exemplar como funcionário público, Quincas decidiu deixar sua família de lado e cair na farra, ganhando fama no submundo de Salvador como o rei dos vagabundos. Quando ele é encontrado morto em seu quarto, sua família resolve apagar os vestígios de sua fase arruaceira e lhe dar um enterro respeitável. Só que seus amigos surgem no local e decidem levá-lo para uma última farra. Diretor do drama Cidade Baixa, também ambientado em Salvador, Sérgio Machado volta-se para a comédia, com o auxílio de um elenco estelar. Além de Paulo José, Quincas Berro d´Água conta com as participações de Marieta Severo, Vladimir Brichta, Marina Ximenes, Milton Gonçalves, Flávio Bauraqui e Othon Bastos, entre outros. Quincas Berro d’Água pode ser conferido nas sessões das 15h e 19h, e terá sua exibição acompanhada pelo curta Bicho, de Vitor Brandt, em cartaz pelo projeto Curta nas Telas.

Na sessão das 17h, fazendo dobradinha com o filme de Sérgio Machado, um clássico do cinema brasileiro igualmente rodado na capital baiana, Bahia de Todos os Santos, de Trigueirinho Neto, realizado em 1960. A trama deste elogiado e raramente exibido filme gira em torno de um grupo de amigos inconformados com o marasmo e a vida monótona de Salvador, na época da ditadura de Getúlio Vargas. O protagonista de Bahia de Todos os Santos é Tonho, jovem mulato rejeitado pelos pais que vive de pequenos furtos no porto de Salvador e envolve-se numa série de conflitos políticos, sociais e religiosos. Bahia de Todos os Santos será mostrado numa cópia em DVD, do acervo da Programadora Brasil, projeto do Ministério da Cultura destinado à difusão do cinema brasileiro.



Quincas Berro d’Água, de Sérgio Machado. Brasil, 2010. Com Paulo José, Mariana Ximenes, Marieta Severo e Vladimir Brichta. Duração: 104 minutos. Colorido. Exibição em 35mm. Classificação indicativa: 14 anos.


Bahia de Todos os Santos, de Trigueirinho Neto. Brasil, 1960. Com Jurandir Pimentel, Geraldo Del Rey, Arassary de Oliveira e Sadi Cabral. Duração: 102 minutos. Preto e branco. Exibição em DVD. Classificação indicativa: 12 anos.

GRADE DE HORÁRIOS

Semana de 10 a 15 de agosto de 2010



10 de agosto (terça-feira)
15:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)
17:00 – Bahia de Todos os Santos
19:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)

11 de agosto (quarta-feira)
15:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)
17:00 – Bahia de Todos os Santos
19:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)

12 de agosto (quinta-feira)
15:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)
17:00 – Bahia de Todos os Santos
19:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)

13 de agosto (sexta-feira)
15:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)
17:00 – Bahia de Todos os Santos
19:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)

14 de agosto (sábado)
15:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)
17:00 – Bahia de Todos os Santos
19:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)

15 de agosto (domingo)
15:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)
17:00 – Bahia de Todos os Santos
19:00 – Quincas Berro d´Água (acompanha o curta Bicho)

2 comentários :

  1. Olá td bom estou divulgando este Doc.
    Se puder assitir, valea pena.Obrigado.

    http://nosolhosdaesperanca.blogspot.com/

    Resenha


    Jânio é um rapaz de vinte anos que foi preso na orla da praia da Cidade de Praia Grande confundido de fazer parte de um grupo de jovens que promoveram um arrastão. Mesmo sem provas ficou preso durante 11 meses. Leide e Francisco a mãe e o pai de Jânio precisaram lutar para provar a inocência do filho, enfrentando a principal dificuldade que esbarra num problema social ainda não resolvido no Brasil.

    "Ser pobre é ser culpado até que se prove ao contrário?"

    ResponderExcluir
  2. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    TE SIGO TU BLOG




    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...


    AFECTUOSAMENTE
    SALA DE CINEMA

    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER Y CHOCOLATE.

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir